Analista de e-commerce: qual é a função?

Analista de e-commerce: qual é a função?

O analista de comércio eletrônico é um elemento-chave das operações de todas as lojas online, pois tem como função acompanhar o comportamento e as preferências do consumidor na rede e capturar as tendências do mercado, elementos indissociáveis ​​que servem para medir a eficácia das ações realizadas e aumentar sua produtividade. 

Estes profissionais da área de e-commerce devem analisar e reportar as atividades atuais para as equipes de gestão, que podem tomar melhores decisões de negócios e implementar as melhorias necessárias.

Continue a leitura a seguir e entenda melhor sobre a função do analista de e-commerce e as competências necessárias para exercer a função!

Quais são as responsabilidades de uma analista de e-commerce?

Entre as principais funções executadas pelo profissional de e-commerce, a seguir listamos as principais:

  • analisar e interpretar indicadores-chave em e-commerce, como fontes de tráfego e comportamento do usuário;
  • monitorar tendências de e-commerce;
  • análise de atividades realizadas por concorrentes;
  • avaliação da eficácia de campanhas de marketing;
  • recomendação de soluções de negócios baseadas na análise dos dados e em conclusões;
  • criando e desenvolvendo ferramentas de análise e processamento da informação;
  • apresentando os resultados dos relatórios e modelação gráfica dos dados.

Quais são as habilidades importantes para um analista de e-commerce?

Aumentar a eficiência das vendas online através de sua análise aprofundada permite que as lojas online permaneçam em um mercado extremamente competitivo. 

É por isso que os desafios impostos pelos analistas de comércio eletrônico exigem que eles tenham habilidades específicas. Veja a seguir as principais!

Habilidades analíticas

Sem dúvida, esta é a competência mais importante de qualquer analista, necessária para medir a eficácia e a lucratividade de atividades específicas de marketing. 

Um bom especialista nesta posição deve, antes de tudo, conseguir coletar todas as informações sobre os resultados de vendas em canais individuais — no site, nas redes sociais, em aplicativos móveis, e-mail marketing e muito mais.

Para isso, ele precisa do conhecimento de várias ferramentas analíticas e do uso de parâmetros de vendas valiosos. 

Os dados assim obtidos, submetidos a uma análise detalhada, são utilizados para determinar quais as atividades rentáveis ​​para a loja online e quais as que valem a pena focar e quais as que não geram receitas e devem ser descontinuadas.

Conhecimento das tendências

Um analista de comércio eletrônico eficaz é uma pessoa que acompanha as mudanças na indústria em desenvolvimento dinâmico. 

Manter-se atualizado com os softwares mais recentes, regras de mecanismo de pesquisa ou uma revolução nas mídias sociais fornece-lhe acesso a informações atualizadas e completas.

Flexibilidade de operação

O trabalho do analista de e-commerce exige dele uma grande flexibilidade — capacidade de gerenciar diversos projetos, acompanhar os resultados das atividades realizadas e documentá-los. 

Estas competências são de importância decisiva para empresas de setores que desenvolvem atividades diversas, implementam novas soluções e testam constantemente a sua eficácia. 

No dia-a-dia do analista, valoriza-se a facilidade de encontrar seu papel no projeto, a abordagem pouco convencional para a resolução de problemas e a participação nas reuniões atuais de várias equipes.

Ter iniciativa

O ponto anterior está conectado a outra característica de um bom analista — iniciar soluções e supervisionar sua implementação. 

A coleta e a análise de dados não são tudo. É igualmente importante apresentar uma proposta de mudanças para os outros membros da equipe. 

A capacidade de recomendar soluções ideais e melhorias necessárias no site ou requisitos de negócios é particularmente útil neste assunto. 

Também é importante para o analista garantir que as mudanças propostas sejam implementadas.

Comunicação altamente desenvolvida

O trabalho de um analista de comércio eletrônico não se limita a medir a eficácia das atividades de marketing e recomendar soluções ideais, mas também a cooperar com todos os participantes do projeto — de designers gráficos a membros do conselho. 

Isso requer especialistas em habilidades de comunicação altamente desenvolvidas, especialmente no campo da transferência de informações e negociação de soluções.

Neste artigo destacamos as habilidades e funções de um analista de e-commerce. Com essas informações, você conseguirá ter uma base de como iniciar ou administrar um comércio eletrônico.

Gostou do artigo? Aproveite e leia também Entenda como fazer a primeira venda online

Compartilhe este post!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também!

Por que um e-commerce deve ter um blog?
Dicas MLO

Por que um e-commerce deve ter um blog?

Se você dirige um negócio online ou tem um comércio físico com um site de vendas, você pode estar avaliando se é ou não vantajoso

Já pensou em criar a sua própria loja online para vender seus produtos?

Clique no botão abaixo e conheça o nosso curso!

Chamar no Whats!
Dúvidas? Chama no whats!
E aí, bora aprender a criar sua própria loja online? 😎