10 Estratégias para acelerar o crescimento do seu e-commerce em 2021

Crescimento loja online

Dois meses de 2021 se passaram, e se você definiu como meta para esse ano o crescimento do seu e-commerce, você está no lugar certo para aprender como fazer isso.

Com a aceleração digital ocorrida em 2020, os e-commerces bombaram, e não é para menos, as lojas físicas precisaram encontrar um meio de continuar o contato com seus clientes, bem como pessoas que nunca tiveram um comércio, precisaram se reinventar, e a criação de loja online foi uma saída para a crise do Coronavírus.

Apenas entre março e abril, a Abcomm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) registrou o surgimento de 107 mil novas lojas online, o que significa aproximadamente um novo e-commerce por minuto neste período.

Pois é, a concorrência está acirrada e é preciso se reinventar a todo momento para manter a saúde do seu negócio e continuar conquistando e fidelizando clientes.

Para isso, existem algumas estratégias que podem ser utilizadas, sem grandes investimentos, que podem fazer toda a diferença na sua loja online.

Veja a seguir 10 estratégias que separamos para você começar a alavancar o seu e-commerce!

  1. Otimização logística e de estoque

A grande diferença entre lojas físicas e lojas online é o fato de o cliente não estar pessoalmente presente no momento da compra, ou seja, ele não sai com o produto, ficando sujeito às condições de entrega da loja.

Para que o comércio funcione, é preciso que as operações de estoque e logística estejam integrados e otimizados, o prazo de entrega deve ser respeitado e os custos da entrega não devem comprometer seu lucro, é necessário que seja feito um cálculo bem pensado sobre todos os custos envolvidos antes de divulgar o valor final do produto e do frete.

Frete grátis e envio imediato são grandes chamarizes, fazendo com que a loja tenha uma grande vantagem competitiva diante da concorrência, se for possível para a sua realidade, adote!

2. Invista em fotos e vídeos de qualidade

Outra diferença entre comércio físico e online é o fato de o cliente não conseguir enxergar o produto ao vivo, ou mesmo experimentar antes de comprar.

Esses “gaps” devem ser minimizados e este pode ser um processo simples de adotar.

Invista na foto dos seus produtos, muitas vezes eles não se vendem sozinhos ou não mostram todo seu potencial com fotos simples, é preciso ser criativo e inovar.

Para uma loja de sapatos por exemplo, além de fotos de boa qualidade, é possível fazer as fotos dos produtos sendo utilizados, é diferente ver um sapato sozinho e uma pessoa calçando esse sapato, ou mesmo um vídeo mostrando essa pessoa e o calçado “em uso”.

3. SAC humanizado

O Serviço de Atendimento ao Cliente é um grande responsável pela fidelização dos clientes e seu nível de satisfação com a marca.

É neste momento que a marca pode se mostrar aberta e preocupada em atender seus clientes da melhor forma possível.

Porém, apesar de a adoção dos chatbots e do atendimento via whatsapp estarem super em alta devido à facilidade na comunicação, algumas empresas podem estar pecando em não oferecer um canal de atendimento mais humanizado.

Quando a pessoa está enfrentando uma dificuldade, seja para realizar uma compra, seja com o produto em si, nem sempre a experiência de conversar com um robô irá satisfazer sua necessidade.

Ofereça um atendimento mais humanizado, mostre-se genuinamente preocupado e disposto à atender as necessidades dos seus clientes.

4. Experiência mobile

Um estudo divulgado pelo IBGE em 2020 mostrou que em 2019, três em cada quatro brasileiros tinham acesso à internet e, entre eles, o celular era o equipamento mais usado.

Se o seu e-commerce não está programado para ter boa visualização no mobile, é hora de rever essa questão, pois a experiência do usuário no desktop e no mobile são um pouco diferentes e merecem a sua atenção.

No mobile, quanto mais fácil a navegação no seu site, melhor. Evite que o usuário precise realizar muitos cliques para finalização da compra por exemplo.

5. Personalização

Aqui entram dois tipos de personalização: produto e experiência do usuário.

Produtos personalizáveis estão em alta, as pessoas estão cada vez mais buscando satisfazer seus gostos pessoais em vez de simplesmente seguir a massa, aproveite essa onda e se fizer sentido para o seu negócio, personalize seus produtos para atender um leque ainda maior de clientes.

Veja um bom exemplo: Coca-Cola lançando latas com letras, frases, nomes. Jogue a primeira pedra quem não comprou uma latinha com seu nome pra usar de decoração na época?

6. Marketing de influenciadores

Com a popularização dos televisores, os comerciais de tv começaram a fazer sentido, afinal, se todos estavam na frente da tv, estava aí um excelente meio das marcas se comunicarem com seu público.

O mesmo acontece hoje com a internet, com a sua popularização, principalmente levando em conta o fácil acesso do público através do mobile, fazer marketing com influenciadores faz todo sentido.

Responsáveis por grande parte da atração do público para as redes sociais, são também responsáveis por influenciar esse mesmo público a adquirir os produtos e serviços que divulgam.

7. Tráfego pago

Embora os meios tradicionais de propaganda (tv, rádio, revista/jornal) ainda funcionem para grande parte dos anunciantes, é impossível negar o poder do tráfego pago na internet.

Não subestime essa ferramenta, grande parte da atração de novos clientes podem vir de anúncios pagos em sites de pesquisa, redes sociais e outras estratégias como remarketing.

Mas tenha cuidado, para que você tenha resultados reais é preciso ter o mínimo de conhecimento no assunto, evitando desperdiçar dinheiro com estratégias “furadas”.

Se você está realmente disposto a investir nessa ferramenta, procure por profissionais da área que poderão lhe ajudar nessa jornada.

8. Descontos e ofertas especiais

Descontos são grandes atrativos para aumentar suas vendas, mas é preciso alguns cuidados.

Primeiro, avalie seus custos para não comprometer sua margem de lucro. Depois avalie para quais produtos você oferecerá o desconto, podem ser produtos que estejam já há muito tempo no estoque, produtos que estejam em alta no mercado, enfim, faça a sua estratégia.

Ofertas especiais também funcionam bem, principalmente se você tiver a sensibilidade de identificar clientes fiéis para oferecer, esses clientes agem como verdadeiros parceiros da sua marca, indicando sempre que possível, é legal oferecer algumas vantagens por esse comportamento!

9. Automatização para recuperação de carrinhos abandonados

Pesquisas apontam que até ¾ dos carrinhos criados são abandonados antes da compra ser finalizada. O número é alto, mas você precisa identificar porque isso acontece na sua loja.

Com as ferramentas certas de automação, você pode criar e-mails automatizados que serão enviados para usuários que saíram antes de pagar. 

Para aumentar ainda mais a chance de finalização, ele pode conter um código de desconto pontual ou brindes, no caso do cliente comprar naquele momento.

10. Trabalhe com o senso de urgência

Você já deve ter ouvido falar sobre o quanto a ideia e escassez pode fazer com que seus clientes tenham um senso de urgência maior para tomar uma decisão.

Isso de fato acontece, as pessoas querem aproveitar uma oferta antes que ela acabe, colocar um tempo limite para que elas tomem uma ação e uma chamada para ação pressionadora, pode gerar bons resultados no seu volume de vendas.

Veja quais estratégias dessa lista fazem sentido para o seu negócio e comece a adotá-las hoje mesmo!

A concorrência do e-commerce é grande e a tendência é que continue crescendo, a boa notícia que novas estratégias para aumentar o volume de vendas, atrair mais clientes e ganhar autoridade, surgem a cada minuto.

Então, mãos a obra! Trabalho dá trabalho, mas é com certeza muito recompensador ter uma loja online de sucesso para chamar de sua!

Compartilhe este post!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Veja também!

Já pensou em criar a sua própria loja online para vender seus produtos?

Clique no botão abaixo e conheça o nosso curso!

Chamar no Whats!
Dúvidas? Chama no whats!
E aí, bora aprender a criar sua própria loja online? 😎